A Terapia Ayurveda

Dentro da cosmovisão da milenar Medicina Ayurveda tudo no Universo é formado pelos cinco elementos básicos da natureza, os panchamahabhutas: terra, água, fogo, ar e éter. Como o Ser Humano é visto como um microcosmo do macro, quando os elementos estão trabalhando harmoniosamente temos o equilíbrio, quando estão desordenados se tornam expressões patológicas, aos quais são chamados de doshas. 

O dosha Vata é formado principalmente por éter e ar e possui as características destes elementos: é frio, leve, seco, móvel e rápido. No Ser humano atua principalmente nas funções circulatória, nervosa e excretória. Desequilibrado pode gerar quadros clínicos relacionados a secura, frio, perda de peso, inquietação, gases, prisão de ventre, ansiedade, medos, depressão e insônia.

O dosha Pitta é formado principalmente por água e fogo e é quente, moderado, oleoso, úmido e atua principalmente nas funções metabólica e digestiva. Agravado pode gerar queimação abdominal, fezes soltas, calor no corpo, aumento da sudorese, pele sensível, olhos vermelhos, irritabilidade e agressividade. Já o dosha Kapha é formado principalmente por água e terra e é pesado, oleoso, úmido, frio e lento e atua principalmente na função estrutural e de lubrificação. Em excesso pode gerar peso corporal aumentado, lentidão, preguiça, oleosidade, secreções excessivas, embotamento mental e apego exacerbado.

No tratamento é necessário diagnosticar quais elementos e doshas estão atuando desarmonicamente para fazer as adequações na rotina diária e indicar quais ferramentas empregar, como o uso de óleos medicinais, dietoterapia, oleação, sudação, fitoterapia, uso de pedras preciosas, atividade física adequada, prática de yoga, meditação, dentre outras. 

Nenhum comentário: