18.1.17

Areia do Saara fertiliza a Amazônia (!)


O mundo é pequeno e todos nós estamos conectados. E o que nos leva concluir é o intrigante fenômeno já conhecido pela comunidade científica mas só agora comprovado pelas lentes dos satélites da Nasa.

Com ajuda de um instrumento óptico que mede com pulsos de luz a formação química das substâncias na atmosfera, a agência mostrou detalhadamente como a areia do deserto do Saara, no norte da África, viaja pelo oceano Atlântico até chegar na floresta Amazônica.

E ainda segundo as pesquisas, o movimento é muito benéfico para a floresta, uma vez que a areia do deserto contém fósforo em abundância, um dos principais ingredientes necessários para o crescimento das plantas e um elemento escasso na nossa floresta tropical. Devido a geografia do local parte da areia é atingida por constantes e gigantescas tempestades que a carregam  por cerca de cinco mil quilômetros até a América do Sul.

Suspeita-se que o fósforo seja raro na Amazônia porque a água da chuva e dos rios carrega grande parte do elemento contido na matéria orgânica em decomposição impedindo o seu depósito nas plantas. Segundo os satélites da Nasa, mais de 27 milhões de toneladas de areia viaja do Saara para a Amazônia, a cada ano, com cerca de 22 mil toneladas de fósforo.

Assista ao vídeo da Nasa com uma demonstração do estudo:


Nenhum comentário: