O despertar do Sagrado Masculino na Nova Era

Coletivamente estamos experimentando grandes mudanças na Divina Consciência que influenciam todas as áreas da nossa vida. A sociedade patriarcal e seus resquícios exigem tanto dos homens como das mulheres uma visceral força de transformação e confiança em si próprios. Nesta dinâmica os homens já perceberam que é preciso desconstruir também o modelo atual de masculinidade e já reconhecem a Terra como Mãe - e por isso estão honrando e respeitando a ciclicidade do Sagrado Feminino,  tanto no Planeta quanto nas mulheres.

E mais: os homens estão despertando para o conhecimento de que eles carregam os códigos do Divino Feminino dentro deles também. Estão recordando que esta frequência reside, essencialmente, em todos os homens e mulheres. Agora, estamos, finalmente, presenciando o momento em que os homens estão se permitindo encontrar a Mãe dentro de si mesmos - esta que sussurra proteção permanente e amor eterno.

Neste momento, a reivindicação da Mãe interna se expande e chega às massas - a sociedade passa a reconhecer coletivamente que o Divino Feminino, a Mãe, existe dentro de todos - padrão este que impulsionará a transformação das grandes ilusões construídas durante o patriarcado. O Sagrado Masculino passa a ser entendido em sua vulnerabilidade e, a partir daí, é honrado e aceito. As velhas configurações têm se mostrado muito difíceis para os homens, as atrocidades perpetuadas em nome do patriarcado têm sido brutais tanto para o Divino Masculino quanto já sabemos que foi para o Divino Feminino. Entretanto, toda esta separatividade ilusória afetou o Sagrado Masculino ainda mais do que o Sagrado Feminino.

O Sagrado Feminino é o maior criador, e gerador, por natureza, pois é o portador do portal multidimensional que é o ventre materno. A Divina Consciência lhe confiou em ser o Gerador Primordial para cada uma de suas Criações, confiando assim a mais alta responsabilidade de ser a encarnação viva da Unidade Divina Geradora. Mas agora chegou o momento de nos recordarmos que a Deusa existe em todos, homens e mulheres. O patriarcado furtou esta antiga verdade da humanidade, o que separou o Sagrado Masculino da sua Fonte de segurança e proteção provocando uma experiência de medo constante. Mas agora finalmente é chegado seu momento de dissolução, e com ela toda exposição e transformação de todas as ilusões. 

Nenhum comentário: