Sexualidade, Espiritualidade e Transcendência: integrando os aspectos da Dança Cósmica

Em essência a sexualidade humana é muito mais do que um ato físico, é uma dança na qual todos os aspectos do parceiros estão envolvidos na máxima possibilidade de integração. No aspecto físico há o desejo sexual e a sensualidade presente espontaneamente no corpo - que busca a satisfação, e não há nada de errado nisso.  Mas o corpo, por si só, não pode escolher sozinho de que forma vai expressar a energia sexual: é você – o Ser Humano integral – que detém esta responsabilidade, o corpo precisa do seu comando.

O segundo aspecto reside no nível emocional. A união sexual é um ato profundamente emocional e se ignorarmos isto não estaremos completamente presentes e nos fecharemos para uma importante faceta da sexualidade. Bloqueios, psicológicos ou físicos, nos impelem a olhar para a situação contemplando todo o contexto no qual se originaram. Uma resistência à intimidade pode sinalizar um bloqueio emocional originado por questões entre nós e o parceiro(a) ou mesmo por uma ferida emocional - da vida atual ou mesmo de passadas. O que quer que seja precisa ser visto, acolhido e cuidado gentil e amorosamente para que a energia sexual possa fluir livremente.

Logo após o nível emocional vem o nível do coração, que é a sede do sentimento. Os sentimentos pertencem ao domínio da intuição e conhecimento interior - e este nosso lado se comunica através de sussurros sutis repletos de sabedoria. Quando existe confiança, amor e segurança entre os parceiros sexuais o coração se abre. E quando o coração está presente num encontro sexual a intuição observa o que está acontecendo na intimidade física. Os parceiros não escondem suas emoções e falam abertamente sobre elas, cada um é aceito como é e esse tipo de aceitação tem um grande poder curativo.

Um quarto nível está no mental. Aqui podem haver crenças morais ou espirituais que nos impedem de aproveitar a sexualidade no seu verdadeiro sentido: uma dança na matéria que ao mesmo tempo se eleva sobre a própria matéria. Em uma manifestação sexual equilibrada é possível transcender a realidade material, sem ignorar ou reprimi-la, sem abandonar os três chakras inferiores, buscando o êxtase através dos chakras superiores. Assim, a sexualidade completa integra todos os níveis do nosso Ser, faz o papel de ponte entre a matéria e o espírito, nos conduzindo a uma experiência profunda e verdadeira de transcendência.  

Nenhum comentário: